domingo, 3 de julho de 2016

4 Pilares necessários para viver de psicologia

Emprego na Psicologia

Olá Psi!


Viver de psicologia é se sustentar exclusivamente com o retorno financeiro do trabalho na profissão. Mas, não é o que ocorre com muitos psis que, devido o baixo retorno financeiro, sentem insatisfação com a profissão e há quem desistiu de trabalhar com psicologia.

Essa situação, além de trazer angústia e até desespero, muitas vezes, inviabiliza a satisfação com a profissão e até a satisfação das necessidades de sobrevivência mais básicas.

Eu não sei você, mas, eu conheço alguns psis que não conseguiram emprego desde que se formou, não passou em concurso, foram demitidas com a crise, estão trabalhando fora da psicologia. Essa situação me deixa muito triste e já me deixou muito desmotivada.


O que acontece é que, quem não consegue viver da psicologia são aquelas pessoas que não estão se sustentando com o trabalho na psicologia. A saída é usar as possibilidades existentes e criar oportunidades para si mesmo.

A boa notícia é que existem 4 pilares necessários para viver de psicologia:

Pila 1 - construir um mindset empreendedor - mudar o mindset atual, a forma de pensar, ter a mentalidade de empreendedor e passar a ver o trabalho na psicologia como negócio que deve ser planejado e gerenciado, mas, que deve gerar retorno financeiro também;

Pilar 2 - criar um negócio próprio na psicologia para não depender de empregador - criar as oportunidades de trabalho alinhado aos próprios interesses e habilidades;

Pilar 3 - escalar produtos e serviços - produzir em larga escala, que não quer dizer como em uma fábrica, o termo escala aqui é para fazer alusão à necessidade de diversificar a oferta de produtos e serviços e formas de entrega (presencial e on line). A diversificação refere-se à produtos e serviços dentro de um nicho de mercado e voltado para resolver problemas de uma persona específica;

Pilar 4 - escalar a divulgação - divulgar em larga escala e isso é possível através da internet porque é uma forma barata e acessível de fazer marketing, nesse caso, marketing digital. Pois, traz a oportunidade de alcançar mais pessoas que, estão em todos os lugares, em outros estados e até em outros países. E muitas dessas pessoas estão com problemas que nós podemos resolver com nossos produtos e serviços, até mesmo à distância.

Há um tempo atrás, conheci no programa Pequenas Empresas grandes Negócios, a história de uma psicóloga empreendedora que criou uma empresa de consultoria psicológica na qual ela oferece um programa de saúde mental para funcionários de grandes empresas e seu faturamento médio anual é de R$ 2,4 milhões de reais. Em entrevista, ela revela que, “Existe uma dificuldade do empresariado de entender a importância desse cuidado. O impacto de um trabalho como esse é muito grande nos resultados da empresa. O estado emocional é carro-chefe para o sucesso de uma empresa”.

Essa história só me deixou ainda mais animada com as possibilidades que nós temos para criar negócios incríveis, que ajudem as pessoas a terem mais saúde e serem mais felizes e ganhar dinheiro com isso!


Por isso, trata de se animar, de pensar no tipo de trabalho que você quer desenvolver na profissão, usa os 4 pilares que eu te contei aqui.

Assista o vídeo onde falo desse tema! Aproveita e se inscreve no canal para receber avisos de vídeos novos.


Beijos e bora viver de psicologia!





Empreendedorismo, Empreender na Psicologia, Negócio na Psicologia, Marketing Digital, Marketing Digital na Psicologia


Oportunidades:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, participe! Deixe seu comentário com sua opinião, dúvidas e sugestões! Responderei assim que for possível.

ASSISTA TODOS OS VÍDEOS!!! BASTA CLICAR NA IMAGEM ABAIXO!!!